Pizza Pantaneira: carne seca, banana e requeijão são sabores que unem MS pelo paladar

  • 10/07/2024
(Foto: Reprodução)
Marguerita para os italianos, Pantaneira para os sul-mato-grossenses. Sabor é 'carro-chefe' e indispensável em cardápios de pizzarias de Mato Grosso do Sul. Pizza Pantaneira é união de sabores e destaque em Mato Grosso do Sul. Reprodução Pizza é aquele prato democrático, que agrada a todos. Em Mato Grosso do Sul, um sabor é indispensável nos cardápios das pizzarias: a Pantaneira. A mistura de carne seca, banana e requeijão é a verdadeira união dos sul-mato-grossenses pelo paladar. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1MS no WhatsApp Empresários e chefes de cozinha relatam o amor pelo sabor, que é "carro-chefe" na maioria das pizzarias do estado. Nesta quarta-feira (10), Dia Mundial da Pizza, o g1 mostra como a iguaria milenar ganhou um toque diferente em terras pantaneiras. Do sonho de infância ao negócio de sucesso Pizzaria é sonho de infância de irmãos, em Campo Grande. Arquivo Pessoal/Reprodução Os irmãos Júnior Atalicio, de 39 anos, e Lucas Souza e Melo, de 32, são proprietários de uma pizzaria no Jardim Nashiville há 7 anos. No estabelecimento, a Pantaneira é unanimidade entre os clientes. "É uma das que mais sai, sem dúvidas", comenta Júnior. Veja os ingredientes abaixo: Molho de tomate; Queijo muçarela; Carne seca caseira desfiada; Banana-da-terra; Tomate; Cebola; Azeitona; Orégano. O sonho de ter o próprio negócio é bem mais antigo do que os 7 anos de pizzaria. Ao g1, Júnior lembrou de quando tinha 14 anos e morava no interior do estado, em Camapuã (MS). Na cidade, durante a infância do empresário, havia apenas uma pizzaria. A atração do município era se reunir com a família e ir ao estabelecimento aos fins de semana. Por causa das condições financeiras à época, o empresário não tinha a mesma oportunidade. "Em Camapuã, tinha apenas uma pizzaria. Minha família não tinha dinheiro, não conseguíamos comprar a pizza. Sempre tive vontade, mas não tinha o dinheiro. Mudei para Campo Grande e com 14 anos comecei a trabalhar em uma pizzaria", compartilhou o empresário. Júnior não tira da mente a primeira vez que experimentou um pedaço de pizza. "Comecei a trabalhar na pizzaria. Comi a pizza pela primeira vez neste lugar, foi uma pizza de atum. Lembro como se fosse hoje". Os caminhos dos irmãos Júnior e Lucas se uniram novamente há 7 anos. Com a experiência de Lucas como chefe de cozinha, a dupla abriu a pizzaria em Campo Grande poucos meses antes da pandemia. "A nossa ideia era ser uma pizzaria só de delivery. Começamos na varanda de casa, deu certo e em dois anos explodimos de venda. Com a pandemia, estávamos preparados para atender apenas o delivery", lembra o empresário. 'Marguerita para os italianos, pantaneira para nós' Empresário largou advocacia para administrar pizzarias em Campo Grande. Arquivo pessoal A empresária Karla Rocha Longo, 42 anos, administra duas pizzarias em Campo Grande, nos bairros Monte Castelo e Chácara Cachoeira. Montar os negócios na capital foi uma reformulação do que os pais dela viveram no interior do estado. No primeiro cardápio da pizzaria, a Pantaneira não estava incluída. Porém, após "clamor popular", como a empresária lembra, o sabor foi adicionado às opções do empreendimento que atende apenas como delivery em Campo Grande. "Quando iniciamos a operação, não tínhamos a Pantaneira no cardápio. Porém, era tão comum as pessoas ligarem e pedirem apenas a Pantaneira, que não tinha como não incluir. Entrou no cardápio por clamor popular. Marguerita para os italianos, pantaneira para nós", brinca a empresária. Veja os ingredientes abaixo: Carne seca desfiada; Banana-nanica; Muçarela; Requeijão cremoso; Molho. O sucesso com as pizzarias foi tanto que Karla largou a advocacia para focar apenas nos empreendimentos. Com a experiência dos pais e a visão de negócio, a empresária começou e mantém o negócio apenas para entregas. "Comecei lá atrás, há 9 anos como uma pizzaria familiar. Os meus pais tinham pizzaria no interior, fecharam o negócio e vieram para Campo Grande. Meus pais ficaram com a vontade de atender o público. Porém, focamos no delivery", comenta a empresária. O 'carro-chefe' Pizzaria é administrada por casal, em Campo Grande. Arquivo Pessoal Marcus Vinnicius Cintra, de 50 anos, e a esposa Jociara Antônia, de 49, têm uma pizzaria no bairro Alto da Boa Vista, há quase quatro anos. Um empreendimento familiar que começou depois de muita vontade e vários testes para finalizar o cardápio. O empreendedor comenta que, desde que teve a ideia de montar o negócio, a famosa Pantaneira não seria uma opção, mas sim um fato no cardápio. Entre uma degustação e outra, Marcus e Jociara decidiram os ingredientes que iriam compor a versão deles: Molho; Muçarela; Carne seca desfiada; Banana-da-terra; Vinagrete. "Quando fomos montar o cardápio, sabíamos de alguns sabores que não poderiam faltar. Calabresa, portuguesa e pantaneira não poderiam faltar. Quando montamos, não deixamos de fora a pizza que mais sai, a Pantaneira", compartilha. Além da Pantaneira tradicional, a pizzaria do casal oferece uma versão mais incrementada com cebola roxa e requeijão cremoso. "Para nós, a pizza pantaneira é uma homenagem para nossa região. Para uma pizzaria de Mato Grosso do Sul não ter a Pantaneira, não é uma pizza de Mato Grosso do Sul. A banana da terra dá um sabor diferenciado. A pizza é nosso carro-chefe", frisou o empresário. Veja vídeos de Mato Grosso do Sul:

FONTE: https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2024/07/10/pizza-pantaneira-carne-seca-banana-e-requeijao-sao-sabores-que-unem-ms-pelo-paladar.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes